23 de agosto de 2019 Karin Nisiide

O que você precisa saber para abrir um hostel

Você quer empreender e está pensando em abrir um hostel?

Viajou o mundo e quando voltou, decidiu jogar tudo pro alto e partir para um lifestyle que tem mais a ver com você?

Encontrou um imóvel incrível e achou que ali um hostel ficaria perfeito?

Existem N possibilidades para um empreendedor querer investir no mundo dos hostels.

Seja pelo gosto por viajar, pelo contato com pessoas do mundo todo, ou pelo negócio em si, o hostel como negócio atrai muitas pessoas, buscando um estilo de vida mais casual e arrojado.

Mas muitos ainda caem naquela falsa esperança de uma vida tranquila.

O custo para montar esse tipo de negócio também é atrativo, já que montar um hostel não requer muito investimento, pois inicialmente a infraestrutura não requer grandes investimentos com mudanças ou reformas, basta oferecer um ambiente acolhedor, limpo e confortável.

Mas antes de sair investindo tudo que você tem nesse negócio, saiba algumas dicas essenciais para quem quer abrir um hostel.

Seu público é diferenciado

O público de hostels, em geral, é composto por turistas nacionais e internacionais, mochileiros, jovens executivos com orçamentos limitados e estudantes, tornando esse tipo de empreendimento atrativo para investidores.

Quem procura esse tipo de acomodação possui um nível cultural mais elevado. É um público que já está familiarizado com a economia coletiva. Quem escolhe um hostel durante uma viagem normalmente tem uma visão prática e coletiva sobre hospedagem, pensa muito na experiência, e está disposto a dispensar luxos.

É claro que você precisa estudar mais a fundo o público alvo do destino onde você quer implantar seu negócio, pois nem todos os destinos turísticos comportam os mesmos tipos de estabelecimentos.

Hostel não é só diversão

Quem acha que dono de hostel tem uma vida tranquila, ou uma vida só de festas, conciliando trabalho com lazer, está muito enganado!

É claro que gostamos de uma boa festa, mas quem já está no ramo sabe: a vida de dono de hostel está bem aquém da tranquilidade.

Como qualquer empresa, se não administrada bem, o hostel pode virar uma dor de cabeça. Então já entre com o pensamento de trabalhar duro para colher bons frutos.

Além disso, é  importante estudar muito sobre gestão, e principalmente sobre a gestão de negócios similares ao que você está se propondo a abrir. Pensando nisso, fizemos nosso blog com materiais educativos e temas variados relacionados a gestão de hostels. Lá, você vai encontrar desde relatos de donos de hostel até dicas mais técnicas sobre gestão financeira, gestão de pessoal, entre outras.

Porque você não começa a se preparar já, com a leitura de um dos nossos e-books

Localização é tudo

Público de hostel é mais descolado, prefere economizar em transporte, utiliza transporte coletivo, caminha muito pela cidade e gosta de uma boa noitada.

Portanto, a localização de um hostel deve chamar a atenção do público que você deseja atingir.

Comece a se planejar pensando nas facilidades de locomoção do seu hostel e nos potenciais da área onde você deseja empreender. 

Se você partiu de um imóvel que já está escolhido, então busque quais são os atrativos dessa localização e invista em um público alvo que esteja procurando por eles. Estude a fundo para ver se a localização vale realmente a pena.

Estude a legislação da sua cidade

O hostel é um tipo de empreendimento hoteleiro de origem estrangeira. No Brasil, esse formato vêm crescendo muito, mas algumas localidades ainda não possuem legislação específica para esse formato.

Como o público de hostel preza pela economia coletiva, existem os diferenciais da hotelaria convencional, que são as áreas de uso coletivo, como cozinhas coletivas, banheiros compartilhados, estar, etc.

Em Foz do Iguaçu, por exemplo, segundo destino turístico do Brasil, a administração municipal adaptou sua legislação e criou um artigo específico para hostels, onde regulamenta quantidades de quartos, de hóspedes por quarto, existência obrigatória de cozinha compartilhada, entre outros.

Verifique a legislação da sua cidade para saber que tipo de hostel você poderá construir, afinal, melhor se antever do que depois ter que fazer obras para se adaptar às normas!

O serviço é a alma do nosso negócio

Não adianta nada ter uma estrutura incrível, um hostel enorme, a melhor cama, se você não investir no serviço. Afinal, estamos ofertando serviço mais que nada.

Lembre-se que você não está montando apenas um modelo de hospedagem barata em sua cidade, mas sim um local onde receberá pessoas dos mais variados lugares e precisará conviver em um ambiente, praticamente, familiar. Só invista nesse negócio se você gostar realmente de lidar com pessoas, pois esse é um típico lugar onde terá a presença constante de muita gente, e um público que demanda atenção.

Muito desse público está viajando por meses, e quer encontrar no seu negócio algo parecido com um lar, onde possa se sentir em casa, fazer amigos, e porque não, sentir que possui uma família longe de casa.

Então invista em pessoal que tenha esse perfil. Independente do tipo de hostel que você pretende abrir.

Anteveja essa situação! Leia aqui nossas dicas de Como conduzir uma entrevista para recepcionista de hostel

Invista em um bom software de gestão de propriedade

Já foi-se o tempo em que o gestor de hostel utilizava planilhas e caderninhos.

Mesmo em hostels pequenos, os softwares de gerenciamento hoteleiro, ou PMS (property management system) se tornaram requisito básico em qualquer operação, porque trazem eficiência, segurança e agilidade no atendimento.

Mesmo que o hóspede não esteja vendo, eles tornam o serviço final ao hóspede muito mais profissional, pois com um PMS você pode padronizar sua operação, agilizar o tempo de espera aos serviços oferecidos (como por exemplo check in, check out, pagamentos), automatizar tarefas, entre outras funções, e consequentemente aumentar o nível de satisfação do hóspede pelos serviços ofertados. 

O hqbeds é um sistema brasileiro, completo, intuitivo e totalmente online.

Desenvolvido por donos de hostels, o hqbeds é pensado para essa tipologia de negócio: um sistema fácil de utilizar e perfeito para quem está começando, com acompanhamento direto no onboarding para que você possa começar sua empresa a todo vapor!

De onde você estiver, você pode acompanhar o seu negócio, gerenciando funcionários, turnos e oferecendo uma maior segurança ao seu caixa, estoque e financeiro.

Uma ferramenta completa para turbinar sua administração.

 

Se animou pra abrir um hostel?

Então leia aqui as histórias de sucesso de outros empreendedores!

 

Yolo Hostel, que profissionalizou sua gestão através do hqbeds

Tetris Container Hostel, que conseguiu transformar um hostel premiado e referência no mercado em um negócio rentável

Song of Travel Hostel, que começou uma cultura hosteleira no Mianmar e foi o primeiro hostel da Ásia a utilizar hqbeds

Innbox hostel, que cresceu rapidamente em pouco tempo

Local Hostel, que aproveitou a oportunidade da Copa do Mundo 

Green Haven, que trocou as planilhas old school pelo sistema hqbeds e profissionalizou sua gestão

Social Hostel do RJ, que encontrou um nicho diferenciado

Brick Hostel, que conseguiu melhorar a qualidade do seu serviço na escolha do staff perfeito

Social Hostel Curitiba, que transformou um sonho em um negócio

 

Tagged: , ,

About the Author

Karin Nisiide
Karin Nisiide Proprietária do Tetris Container Hostel, em Foz do Iguaçu. Startup Update your hostel! Arquiteta e urbanista por formação, largou tudo para trabalhar com turismo. Ama viajar e está no momento se aventurando pela Ásia, em busca de experiências novas e mais conhecimento na área de hostels.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *