26 de março de 2020 Marcus Paulo

Influenciadores digitais em seu hostel? Saiba as vantagens desse tipo de parceria

Você já recebeu um e-mail de um blogueiro, youtuber ou influencer solicitando hospedagem em troca de divulgação? Muitos hostels recebem várias propostas todas as semanas, mas bastante comum surgir a pergunta: “será que vale a pena?”

Primeira coisa a dizer é: sim, vale a pena! Mas depende do seu público e do perfil do influencer!

As vantagens de ações entre influenciadores digitais e hostels

Os influencers atingem um público muito definido nas mídias sociais. Vários atuam com temas gerais, outros apenas com moda, outros com viagens, outros ainda falam da vida materna, tecnologia, esportes, dia-a-dia da mulher, etc.

Digamos que o público do seu hostel seja mochileiros, entre 20 e 30 anos, que além de postarem sobre suas viagens, também abordam temas como vida fitness, esporte radicais e gastronomia. Sendo assim, um influenciador digital que siga esse tipo de perfil será muito mais interessante que algum outro, com idade entre 35 e 40 anos, que aborde assuntos como economia e política, por exemplo.

Entendeu a diferença? Esses perfis influenciam diretamente no retorno que você terá da campanha.

Como escolher certo um influencer para divulgar seu hostel?

1) Público

Veja se o público que esse influencer atinge é similar ao seu.

2) Analise se esse influencer é relevante para o público

Nem sempre número de seguidores mostra que a pessoa tem influência real sobre seu público. Às vezes, é melhor contar com um influenciador que possui audiência menor mas é extremamente importante para determinado grupo.

3) Engajamento

Veja número de seguidores, visualizações e, principalmente, engajamento com os posts do influencer (e analise também se o engajamento não é fake, feito por outros perfis – sempre os mesmos – os apenas amigos).

Vale também dar uma olhada nos seguidores e ver se são perfis reais.

4) Conteúdo

Analise se o conteúdo produzido pelo influencer é de qualidade e se ele está alinhado com o que você quer passar, por exemplo: se ele faz tudo com humor, ou é sério, ou é muito polêmico, etc.

Cuidado com temas polêmicos, eles podem gerar haters sem necessidade para sua marca!

5) Publicações

Verifique se há publicações feitas por ele em parcerias com outras empresas – isso mostra uma seriedade do influencer. Se possível, converse com a empresa e veja o retorno obtido.

Isso tudo irá basear com mais segurança a sua decisão!

hqbeds

Agora vamos falar como fechar o acordo?

Para que não haja nenhum tipo de conflito, é fundamental definir muito bem o que você quer do influencer em troca da hospedagem (ou outros serviços). Se estiver contratando sem permuta, veja o preço pelo que ele oferece.

É preciso deixar bem claro e descrito:

  • Preço (ou itens da permuta) – serviços em contrapartida do influencer
  • Se o influencer irá sozinho ou com uma equipe (e quantas pessoas são)
  • Datas e prazos

se haverá cupom de desconto exclusivo para os seguidores e audiência do influencer e qual o % e validade (isso gera retorno bem interessante!).

E, depois de definir tudo isso, é bom ter um contrato (mesmo que virtual), ou um Termo de Permuta de Hospedagem. O instrumento jurídico dá mais seriedade e profissionalismo a esse relacionamento.

Exemplo: em geral, para hospedagens de final de semana, a moeda de troca mais utilizada é:

  • 2 posts no feed com marcação do local e perfil
  • 6 stories com marcação de perfil
  • 1 artigo no blog com link para o site do hostel, ou 1 vídeo citando os contatos do hostel

Mas claro que tudo é negociável! Estipule também data e o horário em que o material será divulgado para que você possa compartilhar também no stories.

Mensuração

Por último, é hora de medir os resultados da parceria!

  1. Primeira coisa a monitorar é se a mensagem que seu hostel quer passar está adequada, com todas as informações corretas. Para isso, peça para visualizar os posts, artigos e vídeos, antes da publicação.
  2. Acompanhe as redes sociais e os feedbacks: quantas curtidas, comentários e compartilhamentos tiveram em cada post. E se esses números estão de acordo (ou são superiores) aos demais posts realizados pelo influencer.
  3. Veja se seu perfil nas redes sociais têm um aumento de seguidores e audiência, e de quantos % foi esse aumento (aumentos de 5 a 8% são considerados ótimos).
  4. Analise o tráfego vindo do canal do influenciador através do Google Analytics (ou outro sistema que você usar). Nos dias das postagens e seguintes, o tráfego precisa aumentar!
  5. Verifique o número de contatos e vendas gerados a partir do cupom de desconto ou link fornecido. Se houver reservas realizadas em valor superior ao investido para fornecer hospedagem (ou o valor contratado), já valeu a campanha de divulgação!

E lembre-se: sua marca será vinculada a esse influencer! Então, escolha certo! 😉

Gostaram das dicas sobre ações entre influenciadores digitais e hostels? Agora é só criar um planejamento em colocar tudo em prática! Aproveite e continue acompanhando os conteúdos da hqbeds!

Imagens: Unsplash.

Tagged: , , , ,

About the Author

Avatar
Marcus Paulo Natural de Foz do Iguaçu e publicitário por formação, esteve a frente por quase quatro anos da recepção do Tetris Container Hostel, em Foz do Iguaçu. Ama esse life style e agora compartilha suas experiências na hqbeds.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *