7 de fevereiro de 2020 Karin Nisiide

Hostelworld Conference 2020, veja o que foi discutido

O Hostelworld comemorou seus 20 anos de história na Hostelworld Conference 2020, em Dublin, evento que reuniu hosteleiros do mundo inteiro, e a hqbeds estava lá para conferir!

Rogério, CEO da hqbeds, esteve presente nos 3 dias de conferência representando a hqbeds, rodeado de grandes nomes do setor, aprendendo, fazendo muito networking, conhecendo pessoas de novos mercados e trazendo novas experiências para o nosso mercado.

E o mais interessante dessa conexão com donos de hostel do mundo todo foi perceber que nós estamos no caminho certo, nossa empresa possui uma tecnologia que pode ser aplicada no mundo todo, que estamos trazendo tudo de mais novo para vocês, e que o mercado internacional não está muito à frente de nós, pelo contrário, nosso produto tem a mesma qualidade dos produtos oferecidos fora.

Dentre muitos assuntos abordados na conferência, trazemos aqui um tema que nos chamou a atenção. A equipe do Hostelworld realizou uma pesquisa para saber quais são os fatores que influenciam na decisão dos viajantes ao iniciar uma nova viagem, e compilamos aqui alguns dos que nos chamaram a atenção.

Fatores que influenciam na decisão do destino

O principal fator que influencia na decisão do viajante de escolher o destino foi o fator finanças. 25% dos entrevistados escolhe o destino que cabe no bolso. O segundo colocado, bem próximo, foi o fator experiências culturais. O hóspede atual busca experiências, ele quer ter um contato com novas culturas, tradições diferentes, quer conhecer o modo de vida daquele destino escolhido. Em terceiro lugar ficou a localização. Acessibilidade aos destinos conta muito. 

Outros pontos levantados, mas com menor relevância, foram recomendações de terceiros, reviews e eventos especiais realizados no destino.

Segurança é uma das maiores preocupações

Ficar em hostels, para a maioria dos entrevistados, é sinônimo de experiência, de compartilhamento, de vida social. A maioria possui boas experiências de suas estadias em hostels.

Mas a maior preocupação dos entrevistados na escolha de um hostel é a segurança.

28% dos entrevistados escolhe um hostel com base na segurança oferecida, sendo uma preocupação maior entre os homens do que entre as mulheres. 39% dos viajantes individuais masculinos respondeu que a segurança é a principal preocupação, enquanto que 25% das mulheres viajando sozinhas escolheu o mesmo motivo.

A pesquisa levantou que 16% de todos os entrevistados se sentiram inseguros nas suas experiências em estadias em hostels.

30% das viajantes individuais femininas relataram problemas com segurança nas suas estadias, enquanto que 12% dos viajantes individuais masculinos relataram o mesmo tipo de problemas.

Fatores que geram insegurança

Comportamento inadequado de outros hóspedes, bebidas, drogas, barulho excessivo, lockers quebrados ou a falta de lockers foram os fatores mais cogitados como fatores que geram insegurança na hora da escolha de um hostel.

Os entrevistados ainda citaram outros fatores de decisão em relação à segurança: quartos mistos, quartos com muitas pessoas, falta de privacidade, barulho excessivo e até a limpeza gera insegurança no hóspede.

Muitos dos fatores de segurança levantados são alheios à nossa gestão, mas sabendo qual a preocupação do nosso hóspede nos dá a oportunidade de melhorar no que conseguimos melhorar, e fazer um trabalho de divulgação deixando bem claro nossas preocupações sobre o tema, passando uma maior confiabilidade ao hóspede.

O hostel tem grande influência na decisão do hóspede

Se você quer aumentar o ticket médio do seu hostel, a pesquisa relatou alguns fatores na escolha do hóspede do que fazer no destino.

43% se sentem mais seguros em seguir recomendações dadas pelo hostel ao vivo, sejam elas recomendações de tours, passeios, restaurantes ou produtos. 38% dos pesquisados preferem fazer reservas e buscar informações online, mas preferem fazer direto no site do provedor. Apenas 13% dos entrevistados prefere fazer online, mas através de sites de intermediários, e um número ainda menor, 4% deles, segue recomendações dadas por telefone.

Com base nesses números, vemos que cada vez mais é importante capacitar nossos colaboradores para oferecer nossos produtos, pois eles são grandes influenciadores dos nossos clientes.

 

Quer saber mais sobre o que rolou na Conferência do Hostelworld? Clique aqui e confira!

About the Author

Karin Nisiide
Karin Nisiide Proprietária do Tetris Container Hostel, em Foz do Iguaçu. Startup Update your hostel! Arquiteta e urbanista por formação, largou tudo para trabalhar com turismo. Ama viajar e sempre que pode está visitando e conhecendo hostels pelo mundo afora, para escrever as histórias de sucesso do Mochilão da hq!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *